quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Opinião - Bread Overhead de Fritz Leiber




Bread Overhead é um conto de Fritz Leiber publicado originalmente na Galaxy de Fevereiro de 1958.
A historia tem um começo digno de figurar no livro "As Cronicas Marcianas" de Ray Bradbury com aquela linguagem ao mesmo tempo estranha e deliciosa. A "coisa" fica estranha quando percebemos que o autor não está a usar uma metafora quando diz que pães levantaram voo, sim leram bem.
A partir daqui a historia torna-se um pouco mais clara, mas nem por isso menos estranha. Os pães são o novo produto de uma Empresa em competição com a sua concorrente e criou pão com helio, mas em vez de helio misturam hidrogenio que sendo mais leve faz com que o pão voe. É com esta historia de fundo que se desenrolam as peripecias.
É uma historia interessante e que tem algumas reviravoltas dignas de nota, mas não o será para todos pois parece-me que foi escrita depois do seu autor ter comido pão, mas em que trocaram a farinha e o fermento por cannabis e LSD...

Este é mais um conto que pode ser encontrado gratuitamente no Project Gutenberg neste link: Bread Overhead de Fritz Leiber.


7 comentários:

  1. Olá Marco,

    Gostei de ler o teu comentário, deste escritor apenas li um livro, publicado pela SDE e que infelizmente nunca mais publicaram mais nenhum e penso estarmos na presença de um excelente escritor, que parece que teve os seus problemas :D

    Vejo que gostas imenso de ler obras de escritores antigos, sem duvida que eram muito criativos, ainda assim prefiro o Moorcock ao Leiber ;)

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Amigo Fiacha infelizmente mesmo, quem me dera que publicassem o resto da Saga,do que já li dele é um excelente escrito, pena que tenhamos que ler em inglês, diz muito do mercado Português.

    Quanto a Moorcock ao Leiber não os comparo, pois do que li são algo diferentes, mas ambos escritores que devemos conhecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Marco,

      Eu só os comparei porque foram os escritores que me iniciaram a ler na coleção BANG, quando estava ainda muito no inicio e também o criador de Conan o Bárbaro, mas dos três o que mais me agradou foi sem duvida Elric o Príncipe Albino, só tenho pena que tenham parado de publicar mais livros destes escritores, é pena ;)

      Abraço

      Eliminar
  3. Olá Marco
    Deixas-me curiosa com os autores que comentas. Parece-me bastante interessante.
    Quanto aos pães a voarem, não deixa de ser engraçado, tanto a cena em si, como a sua explicação.
    Murakami que não é escritor de FC põe sempre coisas estranhas a cair dos céus,chuva de peixes (sardinhas e cavalas) já nada me surpreende :)
    Tira-me uma dúvida, no Project Gutenberg não é possível apanhar pdf ou outro formato para ler no pc, é que eu não tenho e-book.
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Cara Caminhante ainda em que te deixo curiosa.
    Quanto à tua duvida o Project Gutenberg tem muitos formatos, mas os mais comuns são mesmo o mobi (kindle) e o epub, mas é não é preciso teres um leitor basta descarregares um programa que leia esses formatos, coisa que não falta por ai.
    Eu aconselho o epub que é mais conhecido. Podes descarregar o programa desta pagina da Adobe:

    http://www.adobe.com/products/digital-editions/download.html

    Agora é só ler ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já consegui, boa! Muito obrigado pela dica. Agora vou cuscar esses contos :D
      Bjs

      Eliminar