terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2013 - Leituras

Como é da praxe chegados ao final de mais um ano fazemos (quase) sempre um apanhado do que se fez ao longo do ano que termina.

No que a leituras diz respeito este foi mais um excelente ano em que não só li muito, mas mais importante do que a quantidade foi a qualidade do que li e ai não me posso queixar, bem pelo contrario. Foi um ano em que descobri muitas e excelentes "vozes" no panorama nacional da Ficção Científica e da Fantasia e que me faz ter esperança numa nova geração de autores que se está a começar a afirmar, mas que já dão mostras de excelência (embora ainda tenham um longo caminho a percorrer). 

Posso (felizmente) dizer que não li nenhum livro que se tenha revelado particularmente mau, mas houve um que me desiludiu bastante: O Medo do Homem Sábio (volume 1 e 2) de Patrick Ruthfuss. A "culpa" é minha por ter colocado a fasquia demasiado alta e nisto já se sabe quanto mais alto maior a queda.

Na categoria de melhor livro do ano vou, surpresa das surpresas, destacar um livro de não-ficção: O Negócio dos Livros de André Schiffrin. Este livro quase parece ficção, mas é a triste realidade dos nossos dias sobre como funciona (infelizmente) o mundo editorial. Com muita pena minha ainda não lhe dediquei a devida atenção aqui no blog, mas gravem este nome, especialmente se gostam de saber mais sobre o funcionamento do universo dos livros.

Quanto a autores e como não podia deixar de ser um nome salta logo: Manuel Alves. Este autor, na minha humilde opinião é o melhor exemplo do que referi no inicio. Apesar de o primeiro contacto com a sua prosa ter sido em 2012 com o conto Z foi em 2013 que ele esteve em "brasa" com a publicação de vários contos e livros nos mais diversos géneros como Ficção Cientifica, Fantasia, Literatura Infantil ou Romance mostrando não só que é um autor ecléctico na obra, mas também, a julgar pelas opiniões de outros leitores, um excelente escritor. Espero que 2014 lhe traga ainda mais sucesso, por ele, mas também por nós, seus leitores, sejam os que já o apreciam seja pelos que ele ainda vai conquistar.

Quanto a este blog, bem esteve a funcionar relativamente bem, embora os últimos dois meses tenha sido algo abandonado, mas espero fazer de 2014 um ano ainda melhor, o que convenhamos não será difícil...

A todos um excelente ano de 2014.