quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Prémio Bang! - O regresso


O Prémio Bang! regressou! É verdade, seis anos depois ele está de volta.

A primeira edição data de 2008 e acabou sem nenhum vencedor devido à falta de qualidade das obras que concorreram. Claro que não existe regra sem excepção e nem tudo se perdeu. De entre as obras que foram propostas a Saída de Emergência "aproveitou" (pelo menos) uma: "O Veneno de Ofiúsa" de Francisco Dionísio, mas para publicação na já extinta colecção TEEN.

Na altura esta atitude de não atribuição criou "alguma" celeuma. Quem frequentava o Forum Bang por aquele dias certamente se lembrará de algumas discussões que por lá ocorreram. Mas pessoalmente acho bem que não tenham feito concessões, ou se tem uma obra de qualidade ou então nem vale a pena. Esta "intransigência" da Saída de Emergência acabou por mostrar que eles não estavam a brincar, ou o melhor ou nada.

Nesta segunda edição parece-me que as probabilidade serão mais favoráveis. A Saída de Emergência consegui criar não só uma grande comunidade de leitores, mas com a revista Bang! (e com o Forum Bang! também) ajudou a criar também uma nova geração de escritores, e espero que agora (finalmente) comece a colher os frutos desse trabalho. Outro factor vem ajudar desta vez alarga-se ao Brasil e com certeza que também isto ajudará a que desta vez o prémio seja entregue. Embora espero que seja um Português a ganhar.

Para além do prémio monetário de três mil euros a obra vencedora será publicada em Portugal e no Brasil.

É feita na pagina de anuncio do Prémio Bang! a afirmação de que "é o primeiro prémio internacional de língua portuguesa para a literatura fantástica" , mas ou muito me engano ou o Prémio Caminho de FC também era internacional, alias alguns dos seus vencedores eram Brasileiros.

Os interessados poderão encontrar toda a informação necessária na pagina de anuncio do Prémio Bang!, e aqui o Regulamento do Prémio Bang! e caso decidam concorrer devem preencher o Formulário de inscrição.

A todos os que concorreram boa sorte.