quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Opinião - The Repairman de Harry Harrison



The Repairman de Harry Harrison é um conto que saiu originalmente na Galaxy de Fevereiro de 1958, e também fez parte da colectânea War with the Robots, embora eu não perceba muito bem porquê.
Neste conto Harrison narra-nos a historia de um reparador de "faróis espaciais" (que permitem as naves viajar pelo hiperespaço). O "nosso" reparador é chamado a reparar (desculpem lá este ênfase) um deste "faróis espaciais", alias um dos mais antigos em Próxima Centauri (uma da estrelas mais próximas de nós) e que tem dois mil anos. Lá é confrontado com o facto de uma raça de Lagartos inteligentes ter desenvolvido uma religião em torno deste farol e para puder repara-lo vai ter de passar por algumas peripécias, pois não pode simplesmente abrir  caminha a tiro.
Um conto que tem uma ou duas ideias que se aproveitam, mas não passa de uma grande descrição sem muita emoção e "servido morno".  Esperava mais deste autor que tenho vindo a descobrir e a apreciar bastante, e que neste caso se fica pelo mediano (e estou a ser simpático), ou talvez fosse eu que tivesse as expectativas muito altas depois de ler The Velvet Glove.

Este conto poder ser encontrado no Project Gutenberg em: The Repairman by Harry Harrison