quinta-feira, 11 de abril de 2013

Opinião - A Linha Recta do Corvo de Manuel Alves

Sinopse:
 Lince teria uma vida relativamente despreocupada se não fosse a pequena questão de ser perseguido por assassinos, e tudo só porque chateou certas pessoas por ter testemunhado algo que não devia. Felizmente, os corvos avisavam Lince sempre que um assassino se aproximava. Infelizmente, os corvos não o ajudavam a escapar. Uma boa maneira de matar um assassino é tornar-se um assassino melhor. Pelo menos, foi o que Lince pensou. 

É assim que o que o autor dá a conhecer esta sua pérola, um conto que eu simplesmente adorei. Como quem vai ao alfaiate fazer um fato à medida, também esta história parece ter sido escrita à medida do meu gosto. Boa parte da culpa é do humor que percorre de fio a pavio o conto, com boas doses de ironia e sarcasmos exactamente como eu gosto. O uso que faz de uma analepse, ao invés de uma narrativa contínua, potenciam a curiosidade. É uma daquelas histórias em que temos vontade de saber mais, mas a ser feita essa minha vontade e quem sabe de outros, isso só estragaria, e eu pessoalmente prefiro um bom conto a um "calhamaço" medíocre, embora o raio do mas não me largue...

Este conto pode ser encontrado no site Smashwords neste link: A Linha Recta do Corvo de Manuel Alves