sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Opinião - Somnium 108


Tenho descuidado as leituras um pouco e assim já a Somnium 109 já saiu e eu ainda agora acabei de ler a 108, por "sorte" é um prazer ler esta revista.


Editorial - Um editorial bastante engraçado pela maneira como Ricardo Guilherme dos Santos o escreveu.

Capa por Marcelo Bighetti - O autor da Capa, Marcelo Bighetti, leva-nos passo a passo pela construção da capa desta edição da Somnium

Entrevista a André Vianco - Mais uma excelente entrevista dirigida por Clinton Davisson onde ficamos a conhecer um pouco melhor o autor André Vianco, o seu trabalho gostos e rotinas.


Contos:

O Voo do Ranforrinco de Gerson Lodi-Ribeiro - Tanto quanto me é dado a perceber Gerson Lodi-Ribeiro é uma espécie de Luís Filipes Silva lá do sitio e melhor elogio que este não poderia fazer. E neste "O Voo do Ranforrinco" percebe-me bem porquê. É um conto de FC onde o mistério é o segredo. Temos uma nave que regressa de Marte para a Terra, mas na Terra ninguém a reconhece. ou consegue comunicar com ela... No final o mistério é desfeito, mas o sentido de  maravilha continua. Gostei de o conto não ter terminado logo com a revelação sendo prolongado mais um pouco, mas sem que isso tenha tido um impacto negativo, muito pelo contrario.

As Coisas Que Nunca Acontecem de Miguel Carqueija - Um micro conto de FC, com muito romance, humor e um final de ficar sem ar...

O Estigma da Rosa de Georgette Silen - E se todos os acontecimentos religiosos afinal fossem algo bem diferente, nada devendo ao sobrenatural? É o que Georgette Silen explora neste conto bastante bom e bem escrito que me agradou muito.

A Sereia e o Pescador de Clinton Davisson - Este foi um conto que me deixou (e ainda deixa) com um sorriso nos lábios, ri-me a bom rir com o final. Engana o leitor habilmente e ainda bem.


Reflexão

A Leitura Faz o Leitor por Roberto de Sousa Causo - Apesar de ser um texto escrito em 1999 e adaptado para esta edição da Somnium, e portanto já com quinze anos não deixou de ser uma leitura (muito) interessante e actual. Gostei especialmente de ver explorada a ideia de que cada geração tem a sua colecção referencia, sendo que como não podia deixar de ser a colecção Argonauta foi o alvo da maior atenção, pelas razões óbvias.


Homenagem:



Clifford D. Simak por João Vagos - João Vagos é administrador de entre outros, dos blog's dedicados às colecções Argonauta, Nébula e FC Europa-América e neste texto percorre a vida e obra de Clifford D. Simak. Tenho de confessar a minha ignorância sobre este autor, mas este texto e as resenhas que se lhe seguiram despertaram-me a curiosidade portanto mesmo que o resto da revista fosse má, o que não de todo o caso, muito pelo contrario, já tinha valido a pena a sua leitura só por este simples facto: ter-me despertado a curiosidade para a obra de Clifford D. Simak.



Resenhas:

A Homenagem a Clifford D. Simak prossegue com três resenhas a outros tantos livros seus, por leitores/fãs seus e cada um à sua maneira consegui cativar o leitor deste lado a querer ler esses mesmos livros e quem sabe a prosseguir com a descoberta. Apenas a quarta é de outro autor, Philip E. High, mas igualmente presente da colecção Argonauta.





Estação de Trânsito por Ricardo Guilherme dos Santos - Ricardo Guilherme dos Santos leva-nos a passear pela história do livro "Estação de Trânsito" (com muitos spoilers) usando pequenas passagens do livro como se fossem marcos históricos dignos da mais profunda contemplação. Escusado será dizer que no fim fiquei com imensa vontade de ler este livro. 





Cidade por Antonio Borba - Usando e abusando dos Spoilers (também), António Borba leva-nos no entanto por outro caminho. Numa curiosa dualidade entre a ficção do livro e a reflexão sobre essa mesma ficção versus a nossa realidade num interessante texto que mais uma vez me deixou com bastante curiosidade de ler o livro. De notar que em Portugal este livro recebeu o título de "As Cidades Mortas".





Engenheiros Cósmicos por Sid Castro - Num depoimento pessoal (que é o sub-título desta resenha) e que podia ser a história de muitos de nós, Sid Castro conta-nos como conheceu a obra de Clifford D. Simak e como se apaixonou pela literatura de FC e grande impacto que este livro teve (e ainda tem) na sua vida.





Depois da Derrocada por Miguel Carqueija - Este livro foi escrito originalmente em 1967, mas a sua temática é bastante actual. Pela descrição do Miguel Carqueija pareceu-me um livro com uma temática interessante, mas algo confuso, só lendo para tirar as duvidas. É o único livro desta quatro resenhas que não é de Clifford D. Simak, mas que (inevitavelmente?) também faz parte da colecção Argonauta.


Foi mais uma grande edição da Somnium e que aconselho vivamente a sua leitura. Como disse no inicio as minhas leituras andam "atrasadas", mas já ando a recuperar o tempo perdido e já ando a ler a mais recente edição da Somnium, para breve a minha opinião dela.


Podem descarregar a revista Somnium 108 aqui onde a vão encontrar nos formatos PDF, MOBI e claro EPUB é só escolher.